sábado, 24 de novembro de 2012

Revista Profissão Mestre - Ler no tablet ou papel

Excelente matéria publicada na Revista Profissão Mestre em novembro.
Acompanhe um trecho da matéria aqui a a integra na revista

Ler um livro agora tem um novo sabor para os internautas e os aficionados por tecnologia.
Acompanhar a leitura no Tablet ou No papel?
Leia e deixe sua opinião
Beijocas
Cris Chabes


Em princípio, o importante é que haja leitura, seja no tablet, seja no papel. O grande equívoco no caso da leitura é o professor querer que, de imediato, seu aluno entre em contato com os clássicos da literatura. Alguns conseguem tal fei­to muito cedo – ótimo, estimule-os. A maioria só chega aos clássicos depois de adquirir o gosto pela leitura – nesse caso, acompanhe e aguarde.
Na leitura, o importante é que o leitor encontre seu livro. E quando isto ocorrer, o devore. É assim que se cria um amante de leituras. Tal fato pode se dar através do papel ou dos tablets que geralmente reúnem centenas de livros, disponibilizando grandes bibliotecas para o portador de uma ferramenta extremamente leve.
Como todos os inventos e todas as novidades, precisamos analisar os vários ângulos da questão porque, se de um lado existem vantagens, de outro devem existir cuidados importantes.
Os tablets e as telas de computadores são painéis que emitem luz. Seria como comparar com um leitor que estivesse lendo um livro de frente para uma janela por onde entrasse a luminosidade num dia ensolarado. Assim, mesmo com corretores adaptados às novas regras gramaticais, podem passar despercebidos vários erros ou então, devido a essa emissão de luz, ter o leitor pequenas perdas de expressões que podem ser cruciais para a melhor compreensão do texto. No entanto, não é algo tão terrível que deva ser banido. O que é importante é estar atento para o fato de que os tablets, no auge do lançamento, com apoio de grandes redes midiáticas, têm seus aspectos negativos.
Se uma pessoa desejar fazer uma leitura sem perdas substanciais deve desenvolver a própria concentração. O papel facilita tal fato porque não emite luz e, sim, reflete-a, tornando a leitura menos cansativa e sem perdas de seus detalhes.


Revista Profissão Mestre

3 comentários:

mundodepalavras disse...

Olá Cris! Amo leitura tbém, mas particularmente, prefiro ler no livro de papel. É mais gostoso. ;)
bjs Camila Vaz

Andreia Sales disse...

Ola Cris.
Adorei o seu post.
Eu acho que temos que tirar proveito de toda essa tecnologia que está a nossa volta para melhorar o nosso dia a dia.
O importante é obtermos informação e fazer da leitura um hábito diário em nossoas vidas.
Beijinhos.

Ivna Pinna disse...

Ah prefiro ler o livrão mesmo! rs
Acho mais cansativo ler no tablet ou no próprio computador. Deve ser por causa da questão da luminosidade mesmo. Será coisa da idade? hahaha
Mas acho que as tecnologias devem ser aproveitadas tbm! E as novas gerações estão muito bem envolvidas nesse processo!

Beijos