sábado, 26 de junho de 2010

Geração Y, Preste Atenção nisso, professor

Muito interessante esse assunto.
Essa geração já está entre nós há algum tempo e nem percebemos. Agora muito se fala e se escreve a respeito e nós professores ainda mudamos nosso olhar para nosso aluno que já faz parte desse grupo.
Atenção: Leia esse texto na integra

Café? Puro, com açúcar ou adoçante? Se você aprecia café puro, que expressão faz ao beber um bem adocicado? E o contrário, quem está acostumado ao café com açúcar ou adoçante, que sensação tem ao experimentar um café puro?

Isso é apenas uma provocação simples, para evidenciar que até mesmo em nossas opções de cafés, quando estas não atendem nossas peculiares características, nos causam sensações desagradáveis.

E o que isso tem a ver com estilos de aprendizagem? Ora, a resposta parece óbvia e, talvez, senso comum: aprendemos de maneiras diferentes. Sim, epistemologicamente isso já foi evidenciado há muito tempo. Eis que agora, a Geração Y vem confirmar que não é possível mais crer que todos aprendem da mesma forma e oferecer estratégias didáticas que não respeitem este pressuposto para uma classe, seja em qualquer nível de ensino, faixa etária.

Nenhum comentário: